novembro

 2 Novembro Iniciou-se o primeiro ciclo de Formação e(m) Acção de cada CCTIC para os restantes, no espaço da ERTE – PTE, num esforço de partilha e promoção do conhecimento da casa de cada um. Coube ao EDU Scratch iniciar as sessões e pensamos que mais alguns centros encontraram razões para gradualmente ir integrando estas sementes e disseminando-as, com a nossa ajuda. Um dia especial cheio de gente de vários recantos do país entusiastas e incansáveis, numa sessão que foi longa (manhã e tarde).

6 Novembro – Comunicação em Sessão no II Encontro de Estudos Locais de Setúbal (ESE /IPS) “Scratch: criar antes de consumir?”
Ver notícia e programa … aqui

Resumo: Scratch: criar antes de consumir?

Os jovens parecem ser cada vez mais consumidores passivos e estar menos motivados para a aprendizagem na Escola. A necessidade que gera o engenho e a criatividade vai-se perdendo, não se desenvolvendo competências cruciais para uma cidadania activa e criativa. Tendo os jovens um fascínio pelas TIC, é útil investigar a utilização de algumas ferramentas na criação de ambientes de aprendizagem – papel activo do aluno. O Scratch é um ambiente de programação que permite trabalho com media diversos e a criação de projectos (partilha na Internet). Foi concebido no MIT como resposta ao distanciamento entre a evolução tecnológica e a fluência tecnológica dos cidadãos. Crê-se que pode promover o desenvolvimento de competências para o século XXI e permitir compreender a eficácia do uso das TIC na educação. Um estudo português sugere que o Scratch tem o potencial esperado, mas o seu uso de forma autónoma e persistente parece estar muito dependente do tipo de mediação do Professor, imersão no ambiente de aprendizagem e constrangimentos na Escola. Talvez se devesse começar cedo com o Scratch, procurando desenvolver nas crianças a motivação para a criação antes da motivação para o consumo.
(Teresa Martinho Marques)

13 Novembro No âmbito da divulgação dos Projectos TIC na Educação, o Centro de Competência TIC da Universidade de Aveiro promoveu um encontro, dias 12 e 13 de Novembro que constou de sessões plenárias e workshops relativos aos projectos. EDU Scratch esteve presente hoje de manhã… e a sessão foi animada e produtiva.
O encontro destinou-se a docentes dos níveis básico e secundário e, prioritariamente, aos elementos das equipas PTE das Escolas e Agrupamentos.

16 Novembro – Participação em mais uma sessão da ERTE/PTE “Formação e(m) Acção” (Projecto “Go”) e reunião com João Namorado : Sapo Scratch para definição de modelos e estratégias de parceria.

29 Novembro – Manhã na EB1 da Brejoeira para encontro informal com alguns professores interessados em avançar com a utilização do Scratch em contexto de sala de aula. Escola nova, muito grande, excelentes condições (mas ainda a funcionar de forma deficiente – electricidade ligada às obras não permite nem aquecimento, nem computadores, nem internet…), pelo menos quatro professores com vontade de se aventurarem. Iniciativa apoiada pelo coordenador da escola e que deverá ser desenvolvida em articulação com o PFCM da ESE/IPS.
Ocasião para falar com uma das turmas e desafiar os alunos para instalarem o Scratch e começarem as aventuras autonomamnete (e depois ensinarem a Professora Isabel… que reforçou o pedido… ) :)

Tarde também muito especial numa escolinha que bem pode vir a tornar-se uma escola de referência… Tudo isto pela mão de uma professora entusiasta, Ana Chambel, que conheceu o Scratch no contexto do PFCM da ESE IPS (Scratch Day e Workshop de Scratch no Seminário final). Dezasseis crianças muito interessadas, algumas com necessidades educativas especiais, uma menina que sofre de síndrome de Vann der Knapp (doença incapacitante que a deixará completamente dependente do computador). Tarde inteira trabalhando com eles… e, pela primeira vez, uma conta de um aluno, uma conta da turma, os primeirros projectos publicados no portal e… no blogue da turma (que é excelente e construído pelas crianças com a ajuda da professora).
Já estão ali alguns craques a ajudar professora e colegas… e uma dinâmica de cooperação muito enraizada. Continuaremos a dar notícias!

http://terceirodaaiana.blogspot.com/

30 Novembro – Participação em mais uma sessão da ERTE/PTE “Formação e(m) Acção”. Desta vez os temas foram SeguraNet (projecto da ERTE) e “A minha turma”, projecto do CCTIC da ESE de Santarém.

Continuação do desenvolvimento do portal EDU Scratch, organização de recursos, actualização de espaços (site, redes sociais e portal) e construção de alguns tutoriais de apoio à utilização do Scratch. Foi reconstruída novamente de raiz a conta EDU Scratch no Facebook, como página-site, depois de ter desaparecido toda a informação da primeira conta criada.

FacebookTwitterGoogle+DeliciousPartilhar